18 de dezembro de 2009

As palavras da árvore do tempo



"Pedi desculpa a...", "ajudei o meu irmão a fazer os trabalhos de casa...", "encontrei-te Jesus quando visitei um doente esta semana"... estas são algumas das mensagens que fazem árvore do tempo, que está na Igreja do Milharado e que está cada vez mais bonita!
Ontem passei por lá ao fim da tarde para a fotografar e para a "trazer" para aqui, para vos mostrar. Fiquei junto a ela alguns minutos e, como todos aqueles tempos foram dados sem vaidades e dai nenhum deles ter uma identificação, não me senti a invadir a privacidade de ninguém quando comecei a ler algumas das palavras que fazem aquela árvore.



E, é impossível ficar indiferente às dádivas de que esta árvore é feita. Quando "entrei" pelos seus ramos transportou-me para o meio de uma enorme floresta de Amor, de entrega, de... humanidade. Senti-me envolta no verdadeiro e mais puro espírito de Natal.
Quando me sentei junto áquela árvore, com as suas folhas e as flores, feitas de papel, senti-me uma particula, invisível aos olhos... E senti-me imensamente grata por estar fazer parte deste experiência. Obrigada Padre Paulo Serra, a nossa árvore está cada dia mais forte, mais bonita.




Deixo ainda uma frase que me marcou e que também faz parte deste projecto de Advento. Diz assim: "Jesus, eu sou uma folha e tu és a árvore, nunca deixes que me afaste de ti..."
Para a semana trarei mais fotografias, desta vez já com os seus frutos.

1 comentário:

  1. Que os sentimentos dessa árvore, se perpetuem durante todo o ano.

    ResponderEliminar